martes, 15 de febrero de 2011

ACREDITE: A BOLÍVIA TEM O TERCEIRO MELHOR JUVENIL DA TEMPORADA

El título es preconceptuoso, pero el periodista brasileño, José Nilton Dalcin, que firma la nota que reproducimos a seguir, no se puede callar ante los hechos y la realidad. Lean la nota referente a Hugo Dellien, el boliviano que está en tercer lugar del mundo, en la categoría hasta 17 años.

por José Nilton Dalcim
http://tenisjn.zip.net/

Você muito provavelmente não deve dar a menor importância quando se fala no tênis boliviano, um país de forte contraste cultural e uma história esportiva bem restrita. Saberia me dizer quem foi o maior tenista boliviano? Pois saiba que eles já tiveram um 35º do mundo, Mario Martinez, o “Puma do Altiplano”, codinome com que ficou conhecido em 1983, ainda aos 22 anos, numa fase em que ganhou três eventos de nível ATP.

Também vimos jogar muito por aqui o bom moço Ramiro Benavides, baixinho de extrema habilidade, jogador de todos os pisos, mas que alcançou no auge o número 124 do ranking. Hoje, promove torneios.

Com esse currículo mínimo, é de assustar qualquer um quando vemos o nome de Hugo Dellien no terceiro lugar do ranking mundial juvenil desta semana. Em cinco torneios que disputou desde o início da temporada, ganhou quatro de simples e outros quatro de duplas, o que é um feito mesmo no Circuito Sul-americano, forrado de brasileiros, argentinos, chilenos e colombianos.

Aos 17 anos, Dellian corre atrás de algum patrocinador no país que invista os US$ 100 mil anuais que calcula necessitar para tocar a carreira. Apelou até para o governo e aguarda uma resposta. Enquanto isso, completa os estudos via Internet.
Curiosamente, há cinco anos, a Bolívia viu surgir o garoto José Roberto Velasco, que chegou a 17º do mundo no juvenil, mas não teve apoio e largou a raquete; hoje joga futebol no La Paz FC.

Ao jornal local ‘El Mundo’, Dellien garantiu: “Quero viver do tênis para ser a cara positiva da Bolívia”, ou então “Tenho bem claro para mim que o tênis é exigente, mas estou disposto a encarar isso”. Poderemos ver o que o garoto tem de bom no Banana Bowl e na Copa Gerdau, previstos para março, em Itajaí e Porto Alegre.